EUA e Venezuela anunciarão acordo sobre sanções petrolíferas na terça-feira

Espera-se que o governo Biden e o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro anunciem na terça-feira um acordo que aliviaria as sanções dos EUA à indústria petrolífera de Caracas, ao mesmo tempo que abriria as eleições presidenciais de 2024 na Venezuela, informou o Washington Post na segunda-feira.

O Post, citando duas pessoas familiarizadas com as negociações, disse que o alívio das sanções deveria ser anunciado depois que a Venezuela assinasse compromissos eleitorais em uma reunião em Barbados.

A Venezuela e os enviados dos EUA reuniram-se várias vezes desde o ano passado num esforço renovado para resolver uma crise política e económica de longa data na Venezuela, incluindo discussões sobre uma eleição presidencial, com progressos recentes indicando novas isenções de sanções petrolíferas, disseram cinco fontes anteriormente à Reuters.

Representantes da Casa Branca e do Departamento de Estado não comentaram imediatamente os anúncios divulgados na terça-feira. Representantes do governo de Maduro não comentaram.