Segunda rodada do Brasil provavelmente será uma corrida acirrada, diz Moody's

A agência de classificação de risco Moody’s (NYSE:MCO) disse nesta segunda-feira que os resultados da eleição do Brasil no domingo indicam uma disputa acirrada no segundo turno entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva marcado para 30 de outubro.

“Os resultados do primeiro turno das eleições presidenciais no Brasil sugerem uma disputa acirrada no segundo turno. Eles também deixaram claro que o próximo governo continuará lidando com um Congresso fragmentado demais para avançar em uma agenda de reformas”, disse Samar Maziad, analista sênior da Moody’s Investors Service.