xtb

Trump fara discurso voltado para os militares venezuelanos e enfatizará que os militares da Venezuela estão em risco ao apoiar Maduro


#1

O presidente dos EUA, Donald Trump, dirá em discurso nesta segunda-feira que as autoridades militares da Venezuela devem “trabalhar pela democracia” ou correr o risco de perder tudo o que possuem. A Casa Branca disse que Trump dirá que o atual caminho para a democracia é irreversível na Venezuela e que “as autoridades militares venezuelanas têm uma escolha clara - trabalhem em direção à democracia para o futuro eo futuro de suas famílias, ou perderão tudo o que possuem”.

O presidente venezuelano, Nicolas Maduro, a quem os EUA querem deixar o poder, tem se recusado a deixar a ajuda humanitária se acumulando na cidade fronteiriça colombiana de Cucuta. Guaido disse que vai anunciar detalhes na segunda-feira de como pretende conseguir ajuda para o país da Colômbia, Brasil e Curaçao, apesar da oposição de Maduro.

O ‘trabalho escravo’ por trás da nova utopia de Kim Jong Un
“As forças militares e de segurança devem ouvir o presidente Guaido e permitir a ajuda humanitária na Venezuela”, disse a Casa Branca ao descrever o que Trump dirá. Trump também dirá que a Venezuela não deve ser “um estado fantoche” de Cuba e que uma transição pacífica para a democracia na Venezuela ajudará a promover a democracia na Nicarágua e em Cuba.

A maioria dos países ocidentais, incluindo os Estados Unidos, reconheceram Guaido como chefe de Estado legítimo da Venezuela, mas o governo socialista de Maduro mantém o apoio da Rússia e da China, bem como o controle de instituições estatais, incluindo as forças armadas. Trump, que quer aumentar o apoio entre os eleitores hispânicos da Flórida enquanto espera pela sua campanha de reeleição em 2020, também deve enfatizar o que considera os “perigos do socialismo” em seu discurso.