xtb

MelhoresBrokers.com.br Forum

Amazon se recusa a descrever dados de algoritmo de pesquisa

A Amazon.com Inc se recusou a descrever seu sistema de busca de produtos para um regulador de concorrência australiano que ouviu reclamações de grandes plataformas de mercado dando preferência a produtos internos.

A retenção das informações pela empresa prepara o cenário para uma possível repetição do confronto da Austrália em 2021 com o Facebook Inc (NASDAQ:FB) e o Google da Alphabet (NASDAQ:GOOGL) Inc, que resultou no pagamento de royalties de conteúdo para organizações de mídia.

O regulador, a Australian Competition and Consumer Commission (ACCC), mencionou a posição da Amazon (NASDAQ:AMZN) em um relatório divulgado na quinta-feira que fazia parte da mesma revisão de cinco anos da regulamentação de grandes tecnologias que envolveu o Facebook e o Google.

A ACCC disse que pesquisou 80 comerciantes on-line e que quase metade acredita que as grandes plataformas de mercado distorcem as pesquisas e a apresentação do site para favorecer os produtos internos.

A Amazon havia dito ao regulador que não dava vantagem aos seus próprios produtos, mas “a ACCC buscou detalhes sobre entradas dos algoritmos da Amazon, que não foram fornecidas”, disse o relatório.

Como resultado, “o ACCC não tem informações sobre como os algoritmos da Amazon produzem resultados de pesquisa”, disse o relatório.

O diretor de políticas públicas da Amazon Austrália, Michael Cooley, disse em um comunicado que as ofertas da empresa são “as que achamos que os clientes vão preferir, independentemente de serem da Amazon ou de um de nossos parceiros vendedores”.