xtb

O CEO da BioNTech diz que a vacina provavelmente protege contra COVID grave da Omicron

A vacina COVID-19 da BioNTech e Pfizer (NYSE: PFE) provavelmente oferecerá forte proteção contra qualquer doença grave da nova variante do vírus Omicron, disse o presidente-executivo da BioNTech à Reuters, enquanto a empresa avalia a necessidade de atualizar sua vacina comumente usada.

Os testes de laboratório estão em andamento nas próximas duas semanas para analisar o sangue de pessoas que receberam duas ou três doses da vacina Comirnaty da BioNTech para ver se os anticorpos encontrados naquele sangue inativam o Omicron, esclarecendo se novas vacinas são necessárias.

“Achamos que é provável que as pessoas tenham proteção substancial contra doenças graves causadas pela Omicron”, disse o CEO e co-fundador da BioNTech, Ugur Sahin. Ele especificou que a doença grave requer internação hospitalar ou tratamento intensivo.

Sahin acrescentou que espera que os testes de laboratório mostrem alguma perda de proteção da vacina contra doenças leves e moderadas devido ao Omicron, mas a extensão dessa perda era difícil de prever.

A empresa de biotecnologia está trabalhando rapidamente em uma versão atualizada de sua vacina, da qual bem mais de 2 bilhões de doses foram entregues, embora não esteja claro se isso é necessário, acrescentou.