xtb

Segunda onda de COVID-19 traz incerteza ao cotinente europeu | melhoresbrokers.com.br

A segunda onda de infecções por Sars-cov-2 parece já ter se iniciado no continente europeu, contrariando previsões de que ocorreria em meados de outubro ou novembro. Países como Alemanha, Reino Unido, Bélgica e Holanda reportaram grande aumento no número de infectados, e, consequentemente, crescimento também da quantidade de hospitalizações. Com isso, as chances de um segundo lockdown, mesmo que menos restritivo, aumentam. Na Holanda, o governo anunciou algumas medidas restritivas ao setor de restaurantes e bares, que devem fechar mais cedo.

Dessa forma, institutos econômicos europeus temem uma maior contração do que a inicialmente prevista para a zona do euro, devido principalmente à redução de consumo e poder aquisitivo, já que muitos arriscam perder o emprego ou já perderam no momento.